O Natal é de Jesus ou do Papai Noel?

07 12-2015
O Natal é de Jesus ou do Papai Noel?

Por Julie Maria


79ec732c81c76ee57407a72f6021fc46

Natal significa nascimento. No dia 25 de dezembro os cristãos do mundo inteiro celebram o nascimento do único Homem que dividiu a História da Humanidade em antes e depois dele: Nosso Senhor Jesus Cristo.

Mas, na sociedade atual o Natal já não significa mais o nascimento de Jesus. O desaparecimento do Divino Aniversariante – Nosso Senhor Jesus Cristo- e a massiva e invasiva figura do Papai Noel nas ruas, prateleiras, decorações, comércio e shoppings revelam que  o estilo da vida mundana tem impregnado grande parte dos lares cristãos.

Agora, vamos supor que seja o seu aniversário. Você  é o centro das atenções naquele dia em que se celebra o seu nascimento. Você é o dono da festa! Ganha muitos presentes, telefonemas, atenção e tudo isso é justo, afinal você nasceu naquele dia e os que te amam celebram com alegria este acontecimento. Você passou do nada à existência de quantos anos seja e isso é maravilhoso.

Mas, há um porém a considerar. Você não é Deus. Existe um nascimento que é infinitamente superior ao seu e ao meu o qual dá todo sentido a qualquer outro aniversário: o nascimento do nosso Redentor e Salvador Jesus Cristo. Se Nosso Senhor Jesus Cristo, o Salvador, não tivesse descido dos céus para pagar o preço pela nossa redenção estaríamos todos condenados eternamente ao inferno[1]. De nos serviria celebrar nossos aniversários aqui na Terra,  sabendo que no fim de nossos dias nos restaria tão somente a condenação eterna? – Esta é uma verdade da fé católica que deve ser relembrada para compreendermos o quê e a Quem devemos celebrar no Natal.

Render louvores a Papai Noel e preocupar-se com a troca de presentes no Natal, significa então que se perdeu completamente o verdadeiro sentido da festa mais importante do universo cristão.  E se por acaso você engrossa as fileiras daqueles que atribuem a São Nicolau  o protagonista  da festa de Natal, então celebremos sua festa e a troca de presentes, simbolizando a generosidade do santo para com os pobres  no dia de sua festa litúrgica, ou seja, no dia 5 de Dezembro, mas jamais no dia em que o Verbo Encarnado nasce no meio de nós.

 Quem deve ser celebrado e ganhar presentes é Jesus. E o presente que Ele anseia receber de cada um de nós é este: “voltai a Mim de todo o coração [2]”… “ Fazei penitência porque está próximo o Reino dos Céus”[3]. O melhor presente que podemos ao Senhor Jesus é aceitar o seu convite para uma verdadeira e sincera conversão de vida e não fazer ouvidos surdos aos seus apelos, como vemos nas Sagradas Escrituras: “não ameis o mundo nem as coisas do mundo…”[4].

Aceitar o jeito que o mundo celebra o Natal é negar a nossa fé no amor de Deus, é rejeitar o reinado de Cristo em nossos lares e, mais grave ainda, deformar, na consciência dos nossos filhos, a principal razão da grande alegria natalina: Deus Pai teve compaixão de nós e enviou-nos Seu Filho para podermos ir ao céu. Como dizemos que amamos a Deus se não procuramos o que Lhe é agradável e temos cumplicidade nas obras infrutíferas das trevas, que Ele condena abertamente?[5]

 Como cristãos devemos fazer uma profunda reflexão neste Advento. Como vivemos o Natal em família? Quais são as personagens que recordamos e queremos imitar? Como decoramos o nosso lar para receber Jesus Cristo?

Ah! Se amássemos fervorosamente a Deus teríamos tantas idéias maravilhosas para que o Advento fosse uma época de pleno crescimento espiritual para toda nossa família e especialmente para catequizar as crianças e preparar os seus corações para que Jesus renasça neles…

O que tenho experimentado com minha pequena filha e sobrinhos é que sem Papai Noel e sem troca de presentes vivenciamos o Natal tal como Deus o deseja: partilhando a verdadeira alegria espiritual que nos traz  o Seu nascimento. Numa sociedade tão materialista, ao elevar os nossos corações e toda a nossa atenção para a salvação eterna que Deus Pai nos trouxe, estamos preparando nossos filhos para buscar “as coisas do alto, onde Cristo esta sentado à direta de Deus” pois é a mesma Palavra de Deus que nos exorta: “Afeiçoai-vos as coisas do Alto e não as Terra”,[6]

Então, existe tempo mais propício do que viver e ensinar isso do que no Natal?

Se você ainda não tem ou perdeu esta alegria, suplique-a ao Todo Poderoso como ensina o salmista: “restituí-me a alegria da salvação”[7]. Esta é a alegria que sentiu João Batista no seio de sua mãe[8]; esta é a alegria que fez Nossa Senhora exultar em sua alma ao proclamar as maravilhas que Deus fez por ela, em seu Magnificat[9]; esta é a alegria do próprio Jesus Cristo ao exultar de alegria no Espírito Santo ao proclamar: “Pai, Senhor do céu e da terra, eu te dou graças porque escondestes estas coisas ao sábios e inteligentes e as revelastes ao pequeninos.”[10]

Se as famílias cristãs não compactuarem com o falso natal que o mundo quer impor e voltarem a colocar Jesus no centro na celebração do Seu aniversário, então elas experimentarão o que o mundo promete, mais jamais poderão desejar um verdadeiro Feliz Natal!

 

[1] https://padrepauloricardo.org/episodios/29-domingo-do-tempo-comum-transformar-a-dor-em-amor

[2] Joel 2, 12

[3] Mateus 3,2

[4] I Jo 2, 15

[5] Efésios 5, 10-11

[6] Colossenses 3, 1-3

[7] Salmo 50

[8] Lucas 1, 44

[9] Lucas 1, 46

[10] Lucas 10,21

 

Related article

  • 30 05-2017
    Discursos aos recém casados – Papa Pio XII
    • Família
    • Comentários desativados em Discursos aos recém casados – Papa Pio XII

    Com alegria disponibilizamos os Discursos do Santo Papa Pio XII aos recém casados. Estão em espanhol mas esperamos que muitas famílias possam encontrar neles as luzes para trilhar o caminho de santidade como ecclesia domestica!…

    Read more...
  • 23 10-2016
    Do trabalho fora do lar para… dedicar-me integralmente ao nosso Lar!

    Por Sharlie Macente  A vida transcorria normalmente. Eu já havia passado pelos bancos escolares com muito sucesso. Já havia terminado a faculdade que eu escolhi. Já tinha voltado de um intercâmbio de 1 ano no…

    Read more...
  • 11 10-2016
    De Volta ao Lar – livro de Mary Pride
    • Família
    • Comentários desativados em De Volta ao Lar – livro de Mary Pride

    Clique aqui para baixar o livro De Volta ao Lar O livro da ex-feminista, Mary Pride, está celebrando 25 anos. Porém, é mais atual e necessário que nunca! Não deixe de ler e divulgá-lo! Por…

    Read more...