Saiba como lidar com um namoro chiclete

25 09-2021
Saiba como lidar com um namoro chiclete

 

por Suely Buriasco

Ele liga, manda mensagem, tenta chamar sua atenção o tempo todo, quer estar ao seu lado 24 horas por dia e ainda faz questão de saber todos os passos do seu dia? Ah, e tem mais: ele costuma ficar bem chateado quando você toma uma decisão sem falar com ele. Você está cara a cara com um namorado do tipo chiclete!

O problema é que você gosta muito do seu namorado, mas esse tipo de comportamento acaba te tirando do sério e você não encontra maneiras de dizer que não está satisfeita. #socorro!

Por que ele é assim?

Segundo a mediadora de conflitos Suely Buriasco, normalmente as pessoas que sentem necessidade de controlar o relacionamento são inseguras. Na maioria das vezes, elas agem de forma excessivamente protetora por medo de perder o par. “Pessoas assim não percebem o quanto agem de forma manipuladora, sufocando seus parceiros”, afirma Suely.

É normal que as pessoas tenham diferentes formas de demonstrar afeto. Então, você não precisa se sentir mal por não apreciar o jeito do seu namorado quando o assunto é o tal “grude”.

Não quero mais um namorado chiclete!

É importante lembrar que uma pessoa só muda de comportamento se ela tomar consciência de que precisa mudar e se ela desejar essa mudança. Você poderá ajudar, tendo uma boa conversa, sem pressão, sem cobranças, levando-o a uma autoanalise de comportamento, despertando nele a vontade de mudar, estimulando nele a autoestima e a autoconfiança, de maneira que tenham um relacionamento saudável.

A insegurança é a chave do comportamento excessivo.

Suely ressalta que a melhor e mais eficaz forma de mudar isso é a boa e velha conversa. Falar sobre o que te desagrada. Afinal, a sinceridade também é um elemento bem importante no relacionamento, concorda? “É preciso falar de sentimentos e de como esse tipo de comportamento abala e desagrada você”, diz.

Nesse tipo de conversa, também é muito importante ouvir o outro, para entender suas necessidades dentro do namoro. Após todos os pontos expostos, o ideal é estabelecer acordos para que ambos possam sair ganhando. Dessa forma, o tempo que vocês passarem juntos será muito melhor!

Consultoria: Suely Buriasco é mediadora de conflitos, autora dos livros Mediando Conflitos no Relacionamento a Dois e Uma Fênix em Praga.

Fonte: Suely Buriasco

Obs: O texto foi feito pela equipe da Revista Toda Teen (revista que não recomendamos) à partir de uma consultoria de Suely Buriasco.
Tomei a liberdade de fazer algumas modificações no texto para melhor aproveitamento de nossos leitores.

 

Siga o NAMORO CATÓLICO nas Redes Sociais: 
Instagram e Facebook

Relacionados

  • 10 10-2021
    VOCÊ VAI ME FAZER FELIZ?

    por Obvious | Em Aleteia Português Uma leitura obrigatória para quem tem medo de amar Vivemos em uma época pós-moderna onde se faz presente a dificuldade de manter um relacionamento durável. Tudo é muito líquido…

    Leia mais...
  • 08 10-2021
    Quando vou encontrar o homem ideal?

    por La Opción V O que fazer enquanto se espera pelo príncipe encantado Suas certezas podem ser muitas: sua vocação é o casamento; você nasceu para estar felizmente casada; seu caminho rumo à santidade está…

    Leia mais...
  • 24 09-2021
    SERÁ QUE O AMOR PODE ACABAR?

      por Juan Ávila Estrada A fase do enamoramento passa, mas isso não significa que o amor acabou: é aqui que ele verdadeiramente começa. Acho que concordamos ao afirmar que acreditamos no amor. Independentemente das…

    Leia mais...